P.E.C. Nº 10: Pedro Peres; quanto vale um apelido?...



O observador e o adepto de Ralis sucumbem muitas vezes à tentação de escrutinar, por norma à margem dos estritos limites da prestação em dada prova ou campeonato, pilotos portadores de laços familiares com individualidades que se notabilizaram em épocas passadas na modalidade.

Fazer comparações e dar livre curso a um certo espírito 'voyeurista' é, sempre foi, algo intrínseco à condição humana e as provas de estrada não escapam, claro está, a esta máxima.

O clã Peres desde há várias décadas a esta parte tem vindo a deixar a sua marca nos Ralis nacionais, materializada em forma de vitórias e títulos.

Se o vasto curricula do mais insigne representante desta família - Fernando - fala por si dispensando comentários adicionais, outro nome - Pedro - vai trilhando com passos firmes o seu caminho no âmbito do automobilismo português.

Não cabe aqui discutir se as três vitórias de Pedro Peres no Open de Ralis - 2007, 2008 e 2009 - foram conquistadas à custa da pretensa supremacia técnica do seu Ford Escort Cosworth relativamente à concorrência, ou se o facto de competir numa equipa familiar lhe franqueou mais facilmente a porta do sucesso.

Sabe-se que o primeiro dos citados títulos foi obtido in extremis perante o Mitsubishi Lancer do combativo Luís Mota, mas já nas duas épocas seguintes o mais novo elemento da família soube apresentar credenciais, caminhar pelos seus próprios pés (aqui e ali com um ou outro trambolhão e cambalhota, tão naturais quanto úteis para enrijecer a têmpera de quem pretende fazer carreira ao mais alto nível) afirmando-se como um dos mais interessantes valores, a par do promissor Daniel Ribeiro, a ter em conta para o futuro dos Ralis em Portugal.



Impressiona a forma como Pedro Peres, debutando na presente temporada no Campeonato de Portugal de Ralis, tem vindo a abordar as suas provas.

Uma grande base de realismo moldada pela experiência adquirida em épocas anteriores, tem sido a chave para uma época até ao momento assaz positiva, onde se destaca naturalmente o excelente resultado obtido no Rali de Portugal.

Ainda à procura do melhor entrosamento com seu Mitsubishi Lancer Evo IX do agrupamento de Produção, num terreno para si desconhecido e numa prova com características distintas daquilo a que sempre esteve habituado, no Algarve Peres suplantou com distinção adversários bem mais experientes, alguns deles tripulando viaturas substancialmente mais competitivas se comparadas com a sua; apenas foi superado por Armindo Araújo e Bernardo Sousa na refrega sempre muito especial pela conquista do melhor lugar final entre pilotos lusos, resultado que tudo esclarece quanto à qualidade do seu desempenho.

Nos últimos anos, o Open de Ralis teve um acréscimo de projeção mediática pelo facto de ali se evidenciar o primo mais novo do campeão nacional absoluto de 1994, 1995 e 1996, matéria que se renova noutro plano na presente temporada com a interessantíssima prestação de Manuel Coutinho, também ele ilustre representante de uma família com pergaminhos no desporto automóvel deste país.

Pedro Peres carrega consigo, para o melhor e para o pior, o peso e a responsabilidade de um nome sonante.

Porém não deixa de ser verdade que em cada Rali que tem realizado, sempre que sai do parque de assistência vai procurando afirmar-se por si, deixando o apelido para trás das costas, guardado a salvo no camião-oficina.

OPEN DE RALIS/2008: Rali Vidreiro [12-04-2008] - Classificativa 'Marinha Grande 2' -
video

OPEN DE RALIS/2008: Rali Vidreiro [12-04-2008] - Classificativa 'São Pedro 2' -
video

OPEN DE RALIS/2008: Rali de Arganil [17-05-2008] - Classificativa 'Alqueve 1' -
video

OPEN DE RALIS/2008: Rali de Arganil [17-05-2008] - Classificativa 'Alqueve 2' -
video

RALI DE PORTUGAL/2010: [P.E.C. Nº 2] - 'SANTA CLARA 1' -

As fotos publicadas no presente trabalho foram obtidas em:
- http://2.bp.blogspot.com/_8RNfEzRq0ug/R1RQJcSyxiI/AAAAAAAAAeQ
/XxOEnVXyjsU/s1600-R/01122007453.jpg
- http://1.bp.blogspot.com/_dys_ToKXR-A/R1SSnXh9I8I/AAAAAAAAATU
/1qtvXLCv_KQ/s1600-R/825F2544.jpg

Comentários