quarta-feira, 28 de março de 2012

P.E.C. Nº 132: Como Federer no court, ou Phelps na piscina...

... Sébastien Loeb [e Daniel Elena...], na Lameirinha!

Tudo foi escrito sobre o «WRC Fafe Rally Sprint/2012».

O evento do passado fim-de-semana, que devolveu à zona de Fafe os Ralis no seu expoente máximo, traduziu-se num [já esperado] sucesso retumbante.

O público [muito] vibrante e entusiasta, volvidos onze anos assistiu, enfim, aos melhores carros e pilotos do planeta a saldar contas com uma das mais emblemáticas classificativas de Ralis em todo o mundo [se a Lameirinha é o cartão único que identifica Ralis em Portugal, então o Confurco é o seu bilhete de identidade e a Pedra Sentada o respetivo número de identificação fiscal].

O espetáculo foi apurado.

Sublime na maioria daquelas horas.

De Bastos a Tanak, de Campos a Nasser, a preocupação foi generalizadamente guiar bonito.

No coro de atravessadelas, slides e piões, Loeb foi [é...] um caso à parte.

O francês redefine a cada momento o conceito de espetacularidade, cunhando-o com o rigor e a eficácia.

Pela primeira vez em exibição no admirável coliseu de Fafe, o homem de Haguenau exprimiu-se como sempre o faz: espartano na condução, frugal no estilo, despojado de artifícios, sem o recurso aos tiques de volante que outros confundem com necessidade de controlar o carro.

É esse irromper minimalista por entre as entranhas da multidão que as imagens seguintes reportam.

Se alguém esperava em Fafe um Sébastien Loeb diferente daquilo que lhe conhecemos, ficou certamente defraudado: o campeão do mundo concede espetáculo definindo-o sempre com a firmeza da sua própria coerência.


A FOTO PUBLICADA NO PRESENTE TRABALHO, FOI OBTIDA EM:
- http://www.demotix.com/news/1124035/ford-and-solberg-grab-fafe-wrc-rally-sprint-glory

Sem comentários:

Enviar um comentário