sexta-feira, 31 de agosto de 2012

P.E.C. Nº 158: A descer todos os santos ajudam... e bons travões mais ainda!


Portugal anda, nestes dias e noites estivais, entretido com a eleição das ‘sete maravilhas’.

Não é exercício pelo qual nós, Zona-Espectáculo nutramos especial fascínio ou curiosidade.

As únicas maravilhas (adequadamente, sem aspas) que nos entusiasmam são as que a nossa modalidade, os Ralis, produz.

O nosso país tem, relativamente a locais propícios à prática do automobilismo em estrada aberta, entre Alcaria do Cume e Orbacém uma infinidade de verdadeiros tesouros.

Um deles, de singular beleza, é a descida em asfalto da antiga classificativa da Serra da Lousã, naquela sublime quinzena de quilómetros em que carros e pilotos faziam um exigente rapel do topo da serra até à vila que lhe dá nome, pendurados nos travões ao invés de cordas.

Eram os glamourosos dias em que, por umas horas, a magnífica Estrada Nacional n.º 236 se afirmava na qualidade de fiel de balança entre pólos dissonantes como o Estoril e a Póvoa de Varzim.

A descida, deveras sinuosa, funcionava como uma perversão ao mais sólido mandamento do automobilismo de competição, premiando pela rapidez os concorrentes que melhor… travavam, quando pastilhas e discos assumiam a condição de titulares indiscutíveis, relegando o acelerador para o banco de suplentes.

Fica de seguida a infografia da classificativa bem, como a sua matriz em termos de protagonistas.

Como a história não é feita apenas de finais felizes, nem a descida da Serra da Lousã se notabilizou só pelo saudoso ‘fogo-de-artifício’ incandescente e alaranjado que os travões dos carros produziam no final da mesma, não deixamos de evocar o nome de Augusto Mendes que, na edição de 1989 do Rali de Portugal, aos comandos do Opel Kadett GSI com o n.º 59 estampado nas portas, viria a sofrer neste troço um fatídico acidente na sequência do qual perderia a vida, pagando um preço demasiado alto por ter ousado experimentar os encantos da modalidade que era (também) sua...

 1 9 8 5 

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 25,00 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): Massimo Biasion.
b) Navegador(es): Tiziano Siviero.
CARRO: Lancia Rally 037.
TEMPO REALIZADO: 14m:46s.
MÉDIA HORÁRIA: 101,58 kms/h.

 1 9 8 6 

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 25,00 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): Joaquim Moutinho.
b) Navegador(es): Edgar Fortes.
CARRO: Renault 5 Turbo.
TEMPO REALIZADO: 19m:30s.
MÉDIA HORÁRIA: 76,92 kms/h.

 1 9 8 7  

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 24,90 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): Jean Ragnotti.
b) Navegador(es): Pierre Thimonier.
CARRO: Renault 11 Turbo.
TEMPO REALIZADO: 15m:50s.
MÉDIA HORÁRIA: 94,36 kms/h.

 1 9 8 8  

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 25,00 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): Didier Auriol.
b) Navegador(es): Bernard Occelli.
CARRO: Ford Sierra RS Cosworth.
TEMPO REALIZADO: 15m:02s.
MÉDIA HORÁRIA: 99,78 kms/h.
 1 9 8 9  

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 25,00 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): Didier Auriol.
b) Navegador(es): Bernard Occelli.
CARRO: Lancia Delta Integrale.
TEMPO REALIZADO: 15m:11s.
MÉDIA HORÁRIA: 98,79 kms/h.

 1 9 9 0  

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 24,95 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): Armin Schwarz.
b) Navegador(es): Klaus Wicha.
CARRO: Toyota Celica GT-4.
TEMPO REALIZADO: 15m:47s.
MÉDIA HORÁRIA: 94,85 kms/h.

 1 9 9 1  

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 25,00 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): Armin Schwarz.
b) Navegador(es): Arne Hertz.
CARRO: Toyota Celica GT-4.
TEMPO REALIZADO: 16m:26s.
MÉDIA HORÁRIA: 91,28 kms/h.

 1 9 9 2  

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 24,90 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): François Delecour.
b) Navegador(es): Daniel Grataloup.
CARRO: Ford Sierra Cosworth 4x4.
TEMPO REALIZADO: 14m:24s.
MÉDIA HORÁRIA: 103,75 kms/h.

   1 9 9 3    

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 24,90 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): François Delecour.
b) Navegador(es): Daniel Grataloup.
CARRO: Ford Escort RS Cosworth.
TEMPO REALIZADO: 14m:41s.
MÉDIA HORÁRIA: 101,75 kms/h.

 1 9 9 4   

DESIGNAÇÃO: Serra da Lousã.
EXTENSÃO: 24,96 kms.
VENCEDORES:
a) Piloto(s): François Delecour.
b) Navegador(es): Daniel Grataloup.
CARRO: Ford Escort RS Cosworth.
TEMPO REALIZADO: 14m:46s.
MÉDIA HORÁRIA: 101,42 kms/h.

A FOTO EXIBIDA NO PRESENTE TRABALHO FOI OBTIDA EM:
- http://www.camping.de/de/pl%C3%A4tze/europa/portugal/unbekannt/lousa/campingplatz_lousa/pp/4/#Fotos

Sem comentários:

Enviar um comentário