P.E.C. Nº 294: Panzerplatte...


Estranha esta mania dos alemães em se intrometer nos nossos destinos. 

Nos idos de 2001, Portugal viu-se traumaticamente privado de organizar uma prova do campeonato do mundo de Ralis, após o afastamento do Rali de Portugal, ao fim de vinte e nove anos, da elite maior dos eventos da competição. 

Os motivos são conhecidos. 

Alguns problemas de segurança trazidos à liça após a malfadada intempérie que se abateu sobre a prova. 

Também o poderosíssimo lóbi germânico (mercado automóvel interno com vitalidade ímpar, construtores de vulto, fortes tradições na modalidade, etc…) a trabalhar com afinco nos bastidores para garantir uma etapa do WRC

E o mais importante de todos os fatores adversos, o desaparecimento físico de Alfredo César Torres

A história ensina que a partir de 2002 (e até 2006), o Rali da Alemanha entrou e manteve-se no calendário do mundial de Ralis em substituição do Rali de Portugal. 

Um enorme amargo de boca apoderou-se, ao tempo, dos portugueses aficionados das provas de estrada aberta e em luta contra o cronómetro. 

A frustração em perdermos, impositivamente, de um momento para o outro, a maior marca distintiva do automobilismo nacional, abriu feridas profundas, toldou-nos (com alguma naturalidade) a capacidade de ser objetivos, e generalizou por cá um certo amesquinhar da prova alemã, à volta de argumentos como ‘demasiado rápida’, ‘pouco interessante’, ou ‘contendo apenas troços com retas e curvas de 90 graus’


Recusamos por completo essa visão. 

Na nossa opinião o Rali da Alemanha é uma das provas mais interessantes do WRC

Ao redor de Trier há um conjunto de especiais em asfalto com identidade própria e diferenciadas entre si, dos vinhedos situados nas colinas perto de Mosel com múltiplos ganchos, estradas estreitas, e austeros paredões em pedra, até aos rápidos troços da zona rural de Sankt Wendel, passando, claro por... Panzerplatte

Panzerplatte (ou Arena Panzerplatte, na designação adotada em diversas edições da prova organizada pelo ADAC) não é propriamente um único troço: é um emaranhado quase labiríntico (ver foto do desenho do troço utilizado na edição do Rali da Alemanha de 2006 AQUI, ou o mapa dos percursos idealizados em 2011 AQUI, e em 2014 AQUI) de estradas situadas no interior do campo de treino militar em Baumholder

Nas versões mais longas das 'classificativas Panzerplatte encontra-se literalmente de tudo. 

Tapetes de asfalto muito polidos alternando com os mais rugosos e ondulados pisos em cimento.

Zonas rapidíssimas onde os carros esgotam o motor, em assumida digladiação com trechos em que se sucedem curvas lentas. 

Ou excertos onde o cronómetro recomenda cortar o interior das curvas, até a locais repletos dos temíveis Hinkelsteins (blocos de pedra de grandes dimensões colocados na berma do troço) que não perdoando o mínimo erro nem o menor alargamento de trajetória, acabam por funcionar nestas estradas militares como os muros e rails de um qualquer circuito citadino nas corridas de velocidade. 


Panzerplatte alterna zonas de asfalto com bons índices de aderência, com outras em que o mesmo se mostra extremamente escorregadio (fruto da lama deixada pelos veículos militares) mesmo com tempo seco. 

E há, também, o clássico salto ‘Gina’ (imagens AQUI), uma espécie de Pedra Sentada lá do burgo. 

Toda esta panóplia de singularidades torna a ideia da Panzerplatte, nas suas múltiplas configurações, absolutamente única. 

Armin Schwarz, antigo piloto oficial da Toyota, Skoda, Hyundai, Mitsubishi e Ford, analisa-a como a especial onde do ponto de vista do piloto não se dá pelo tempo passar, tamanha a necessidade de concentração extrema desde o sinal verde até à tomada de tempos final.  

É uma classificativa de opostos, afirmando-se como uma grande dor de cabeça na procura do setup ideal de afinação das suspensões, na escolha de pneus, na relação da caixa de velocidades, ou repartição de travagem. 

Convidámos gente ilustre dos nossos Ralis para nos ajudar a compreender o caráter destes troços.

Hugo Magalhães, por exemplo, confidenciou-nos que «entrar para uma classificativa como a Arena Panzerplate é como estar preparado para entrar numa linha de combate, pois os 45 km - mais coisa menos coisa - são de sobrevivência. A classificativa tem um carisma especial, pois a alternância de piso é uma constante sendo difícil perceber onde temos boa aderência. Em algumas partes o piso é abrasivo porque é de cimento, obrigando a uma gestão dos pneus para se evitar furos. Depois encontramos as famosas pedras "panzers" que ladeiam a estrada e não permitem qualquer erro, pois um toque nelas quase sempre significa um abandono. Além disto tudo, é uma classificativa bastante enrolada e com inúmeras mudanças de estrada, que nos faz perder um pouco o norte. Nesta classificativa também podemos ter mas de 10 carros em prova ao mesmo tempo o que oferece um espetáculo único aos espectadores»

Paulo Babo, que tem em comum com Magalhães o facto de ter navegado Bernardo Sousa na prova germânica, afina pelo mesmo diapasão esclarecendo que «esta zona dos campos militares alemães, onde se realiza a mítica classificativa de Panzerplatte, tem um piso predominantemente bastante irregular e de uma mistura de cimento e asfalto, o que a diferencia de todas as outras. Essas características únicas, o desenho do seu traçado muito técnico e exigente, e a sua extensão tornam esta classificativa como uma das mais duras dos ralis de asfalto. Aliado a tudo isto, as pedras que ladeiam o traçado (que foram instaladas com o objectivo de parar tanques de guerra) não permitem qualquer erro, sob pena de custos desportivos elevados, como a desistência».

Mais que adjetivos, as imagens que abaixo publicamos colhidas no interior do automóvel do campeão do mundo de Ralis (das quais recomendamos visualização integral) são uma ilustração perfeita de tudo aquilo que estes troços militaristas representam: um 'combate' duro contra a desconcentração, precisão total ao apontar para as trajetórias, a bem, como sabiamente avisa o Hugo Magalhães, da «sobrevivência» em prova...


҉   ҉   ҉   ҉   ҉

 1. DADOS ESTATÍSTICOS / RESULTADOS 

 2 0 0 2 

Data: 24 de agosto de 2002.
Designação: Panzerplatte 1.
Extensão: 35,58 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 09h:58m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Marcus Gronholm.
b) Navegador(es): Timo Rautiainen.
c) Carro(s): Peugeot 206 WRC.
Melhor tempo realizado: 21m:27,0s.
Média horária: 99,47 quilómetros/hora.

Data: 24 de agosto de 2002.
Designação: Panzerplatte 2.
Extensão: 35,58 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 16h:04m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Marcus Gronholm.
b) Navegador(es): Timo Rautiainen.
c) Carro(s): Peugeot 206 WRC.
Melhor tempo realizado: 20m:39,7s.
Média horária: 103,26 quilómetros/hora.

 2 0 0 3 

Data: 25 de julho de 2003.
Designação: Panzerplatte Ost.
Extensão: 35,42 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 13h:35m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Markko Martin.
b) Navegador(es): Michael Park.
c) Carro(s): Ford Focus RS WRC 03.
Melhor tempo realizado: 20m:34,7s.
Média horária: 103,27 quilómetros/hora.

Data: 26 de julho de 2003.
Designação: Panzerplatte West 1.
Extensão: 34,02 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 11h:25m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Markko Martin.
b) Navegador(es): Michael Park.
c) Carro(s): Ford Focus RS WRC 03.
Melhor tempo realizado: 19m:31,9s.
Média horária: 104,51 quilómetros/hora.

Data: 26 de julho de 2003.
Designação: Panzerplatte West 2.
Extensão: 34,02 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 14h:24m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Markko Martin.
b) Navegador(es): Michael Park.
c) Carro(s): Ford Focus RS WRC 03.
Melhor tempo realizado: 19m:01,6s.
Média horária: 107,28 quilómetros/hora.

 2 0 0 4 

Data: 21 de agosto de 2004.
Designação: Panzerplatte Sprint 1.
Extensão: 8,30 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 11h:08m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Markko Martin.
b) Navegador(es): Michael Park.
c) Carro(s): Ford Focus RS WRC 04.
Melhor tempo realizado: 4m:46,6s.
Média horária: 104,26 quilómetros/hora.

Data: 21 de agosto de 2004.
Designação: Panzerplatte Lang 1.
Extensão: 40,30 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: ---
Vencedor(es):
a) Piloto(s): ---
b) Navegador(es): ---
c) Carro(s): Melhor tempo realizado: sem tempos averbados.
Média horária: ---

Data: 21 de agosto de 2004.
Designação: Panzerplatte Sprint 2.
Extensão: 8,30 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 16h:07m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Freddy Loix.
b) Navegador(es): Sven Smeets.
c) Carro(s): Peugeot 307 WRC.
Melhor tempo realizado: 4m:45,6s.
Média horária: 104,62 quilómetros/hora.

Data: 21 de agosto de 2004.
Designação: Panzerplatte Lang 2.
Extensão: 40,30 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 16h:45m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Loeb.
b) Navegador(es): Daniel Elena.
c) Carro(s): Citroen Xsara WRC.
Melhor tempo realizado: 24m.22,8s.
Média horária: 99,18 quilómetros/hora.
 2 0 0 5 

Data: 27 de agosto de 2005.
Designação: Panzerplatte 1.
Extensão: 29,57 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 09h:44m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Loeb.
b) Navegador(es): Daniel Elena.
c) Carro(s): Citroen Xsara WRC.
Melhor tempo realizado: 17m:17,0s.
Média horária: 102,65 quilómetros/hora.

Data: 27 de agosto de 2005.
Designação: Panzerplatte 2.
Extensão: 29,57 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 12h:57m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): François Duval.
b) Navegador(es): Sven Smeets.
c) Carro(s): Citroen Xsara WRC.
Melhor tempo realizado: 17m:10,0s.
Média horária: 103,35 quilómetros/hora.

 2 0 0 6 

Data: 12 de agosto de 2006.
Designação: Panzerplatte 1.
Extensão: 30,66 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 09h:44m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Dani Sordo.
b) Navegador(es): Marc Marti.
c) Carro(s): Citroen Xsara WRC.
Melhor tempo realizado: 18m:09,5s.
Média horária: 101,31 quilómetros/hora.

Data: 12 de agosto de 2006.
Designação: Panzerplatte 2.
Extensão: 30,66 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 12h:55m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Marcus Gronholm.
b) Navegador(es): Timo Rautiainen.
c) Carro(s): Ford Focus RS WRC 06.
Melhor tempo realizado: 18m:03,5s.
Média horária: 101,87 quilómetros/hora.

 2 0 0 7 

Data: 18 de agosto de 2007.
Designação: Arena Panzerplatte 1.
Extensão: 30,55 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 11h:02m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Loeb.
b) Navegador(es): Daniel Elena.
c) Carro(s): Citroen C4 WRC.
Melhor tempo realizado: 17m:57,4s.
Média horária: 102,08 quilómetros/hora.

Data: 18 de agosto de 2007.
Designação: Arena Panzerplatte 2.
Extensão: 30,55 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 17h:14m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Chris Atkinson.
b) Navegador(es): Stéphane Prévot.
c) Carro(s): Subaru Impreza WRC 07.
Melhor tempo realizado: 17m:49,8s.
Média horária: 102,80 quilómetros/hora.

 2 0 0 8 

Data: 16 de agosto de 2008.
Designação: Arena Panzerplatte 1.
Extensão: 30,38 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 10h:44m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Loeb.
b) Navegador(es): Daniel Elena.
c) Carro(s): Citroen C4 WRC.
Melhor tempo realizado: 17m:44,5s.
Média horária: 102,74 quilómetros/hora.

Data: 16 de agosto de 2008.
Designação: Arena Panzerplatte 2.
Extensão: 30,38 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 17h:23m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Dani Sordo.
b) Navegador(es): Marc Marti.
c) Carro(s): Citroen C4 WRC.
Melhor tempo realizado: 17m:41,5s.
Média horária: 103,03 quilómetros/hora.

 2 0 1 0 

Data: 21 de agosto de 2010.
Designação: Arena Panzerplatte 1.
Extensão: 48,00 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 10h:30m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Loeb.
b) Navegador(es): Daniel Elena.
c) Carro(s): Citroen C4 WRC.
Melhor tempo realizado: 27m:55,8s.
Média horária: 103,11 quilómetros/hora.

Data: 21 de agosto de 2010.
Designação: Arena Panzerplatte 2.
Extensão: 48,00 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 17h:25m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Petter Solberg.
b) Navegador(es): Chris Patterson.
c) Carro(s): Citroen C4 WRC.
Melhor tempo realizado: 27m:39,2s.
Média horária: 104,15 quilómetros/hora.

 2 0 1 1 

Data: 20 de agosto de 2011.
Designação: Arena Panzerplatte 1.
Extensão: 34,18 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 11h:07m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Ogier.
b) Navegador(es): Julien Ingrassia.
c) Carro(s): Citroen DS3 WRC.
Melhor tempo realizado: 19m:55,3s.
Média horária: 102,94 quilómetros/hora.

Data: 20 de agosto de 2011.
Designação: Arena Panzerplatte 2.
Extensão: 34,18 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 18h:07m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Ogier.
b) Navegador(es): Julien Ingrassia.
c) Carro(s): Citroen DS3 WRC.
Melhor tempo realizado: 19m:49,2s.
Média horária: 103,47 quilómetros/hora.

 2 0 1 2 

Data: 25 de agosto de 2012.
Designação: Arena Panzerplatte 1.
Extensão: 46,54 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 10h:52m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Loeb.
b) Navegador(es): Daniel Elena.
c) Carro(s): Citroen DS3 WRC.
Melhor tempo realizado: 27m:31,9s.
Média horária: 101,43 quilómetros/hora.


Data: 25 de agosto de 2012.
Designação: Arena Panzerplatte 2.
Extensão: 46,54 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 17h:37m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Loeb.
b) Navegador(es): Daniel Elena.
c) Carro(s): Citroen DS3 WRC.
Melhor tempo realizado: 26m:54,0s.
Média horária: 103,81 quilómetros/hora.

 2 0 1 3 

Data: 24 de agosto de 2013.
Designação: Arena Panzerplatte 1.
Extensão: 41,08 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 10h:29m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Sébastien Ogier.
b) Navegador(es): Julien Ingrassia.
c) Carro(s): Volkswagen Polo R WRC.
Melhor tempo realizado: 23m:33,8s.
Média horária: 104,60 quilómetros/hora.

Data: 24 de agosto de 2013.
Designação: Arena Panzerplatte 2.
Extensão: 41,08 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: ---
Vencedor(es):
a) Piloto(s): ---
b) Navegador(es): ---
c) Carro(s): ---
Melhor tempo realizado: sem tempos averbados.
Média horária: ---

 2 0 1 4 

Data: 23 de agosto de 2014.
Designação: Arena Panzerplatte 1.
Extensão: 3,03 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 9h:51m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Jari-Matti Latvala.
b) Navegador(es): Miikka Anttila.
c) Carro(s): Volkswagen Polo R WRC.
Melhor tempo realizado: 2m:01,9s.
Média horária: 89,48 quilómetros/hora.

Data: 23 de agosto de 2014.
Designação: Panzerplatte Lang 1.
Extensão: 42,51 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 10h:06m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Jari-Matti Latvala.
b) Navegador(es): Miikka Anttila.
c) Carro(s): Volkswagen Polo R WRC.
Melhor tempo realizado: 24m:40,2s.
Média horária: 103,39 quilómetros/hora.

Data: 23 de agosto de 2014.
Designação: Arena Panzerplatte 2.
Extensão: 3,03 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 16h:44m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Jari-Matti Latvala.
b) Navegador(es): Miikka Anttila.
c) Carro(s): Volkswagen Polo R WRC.
Melhor tempo realizado: 2m:04,7s.
Média horária: 87,47 quilómetros/hora.

Data: 23 de agosto de 2014.
Designação: Panzerplatte Lang 2.
Extensão: 42,51 quilómetros.
Horário de partida do primeiro concorrente: 16h:59m.
Vencedor(es):
a) Piloto(s): Jari-Matti Latvala.
b) Navegador(es): Miikka Anttila.
c) Carro(s): Volkswagen Polo R WRC.
Melhor tempo realizado: 24m:47,8s.
Média horária: 102,86 quilómetros/hora.

҉   ҉   ҉   ҉   ҉

 2. OS EFEITOS DOS HINKELSTEINS 






҉   ҉   ҉   ҉   ҉


 3. PANZERPLATTE, POR DENTRO... 


҉   ҉   ҉   ҉   ҉

AS FOTOS PRESENTES NESTE TRABALHO FORAM OBTIDAS EM:
- http://farm9.static.flickr.com/8315/7913466252_ba16247d4e.jpg
- http://www.redbull.com/en/motorsports/offroad/stories/1331673893621/panzerplatte-baumholder-wrc-rallye-deutschland-2014
- https://twitter.com/officialwrc/status/501752979360612353

Comentários