domingo, 27 de dezembro de 2015

P.E.C. Nº 338: A Cesare o que é de (Giulio) Cesare!


i)

Giulio Cesare...

Nisto dos mais emblemáticos troços para Ralis, alguma breve prosa sobre El Cóndor foi recentemente dada à estampa neste blogue. 

Porque o assunto nos seduz, voltamos a ele. 

Agora para olharmos outra das clássicas classificativas argentinas: Guilio Cesare

El Cóndor e Giulio Cesare são duas faces da mesma moeda. 

Se a primeira é cara, a segunda é coroa

Digamos que, se a comparação nos é permitida, ‘Cóndor’ está para a Lameirinha como ‘Cesare’ para Luílhas

Fazendo uma análise à morfologia da especial, percebe-se de imediato que Giulio Cesare é acima de tudo um extraordinário sulco esculpido entre rochedos gigantescos. 

Ou, se quisermos, um slalom divinal serpenteando entre megalíticos blocos de pedra inertes e não trabalhados. 

Em praticamente toda a extensão do troço além de pedra só há… pó de pedra. 

Quando muito aqui e ali, disfuncionais quanto uma barba mal semeada, lá se veem uns tojos e umas urzes que nem corpo têm para deixar cravadas as respetivas ‘marcas de pneu’ nas pernas dos aficionados, muito menos, como noutras paragens (sim: Portugal), transformarem as peúgas do adepto num acolhedor 'parque de assistência' para carrapatos. 

A aridez quase absoluta é, portanto, a imagem de marca de Giulio Cesare

Naquela vintena de quilómetros, sinuosos e muito estreitos em bastantes segmentos da estrada, as quebras de concentração pagam-se caro e os toques nas rochas são frequentes. 

A dimensão histórica de Giulio Cesare é hoje considerável, quer dentro do paradigma dos Ralis pontuáveis para as competições internas da Argentina, quer no âmbito do campeonato do mundo onde, desde 1984, vem integrando com muita regularidade o naipe de segmentos cronometrados da prova do país de Diego Maradona

Se o silogismo com o astro do futebol do país das pampas nos é permitido, diríamos que os carros têm de cumprir ‘Giulio’ através das mesmas fintas de corpo e mudanças de velocidade com que o antigo génio canhoto serpenteava os adversários que lhe apareciam pela frente visando pará-lo. 

Como o antigo craque do Nápoles, ‘Cesare’ não é dado a grandes velocidades de ponta

Isso são coisas mais para o Messi e para a Ouninpohja

A ruga cheia de charme cravada na pele das montanhas nas imediações de Córdoba é classificativa dada a drible curto, feito em apertados espaços de terreno

Desconhecemos se naquela representação lunar em plena América do Sul há ou já houve os desígnios de qualquer «mão-de-Deus»

Em princípio, sim. 

Não de um Deus; antes de vários Deuses

Os do volante. 

Aqueles que têm «mãos» firmes e hábeis em descodificar os segredos das trajetórias de Giulio Cesare

As imagens que apresentamos mais abaixo neste trabalho são um ótimo cartão-de-vista acerca do misticismo deste troço, ajudando a compreender as dificuldades que os concorrentes ultrapassam para o levar de vencida. 

A sua história em números poderá ser interpretada no quadro de resultados que de seguida damos à estampa. 

A infografia da especial faz adivinhar a sua sinuosidade e os motivos pelos quais as respetivas médias horárias são bastante baixas. 

Todos aqueles pedregulhos podem apresentar, digamos, problemas capilares, mas naquela artéria de duas dezenas de quilómetros corre muito do sangue de que se alimentam os Ralis, seja nas dificuldades que se deparam aos concorrentes, na robustez exigida aos automóveis, na entrega incondicional dos aficionados à modalidade, ou no enquadramento paisagístico ímpar que não se vê em qualquer outro lugar. 

Giulio Cesare é uma das mais sensacionais classificativas para Ralis em todo o mundo

É estrada que pede braço. 

O local onde se estende tem algo de lunar ou de uma qualquer reminiscência de Marte. 

Talvez seja isso. 

Os WRC evoluem ali como o robô Curiosity na superfície de Marte. 

A diferença é que no ‘Cesare’ as missões são tripuladas…


<><><><><><><>   <><><><><><><>   <><><><><><><>

ii)

A história, contada em nomes e números...

1 9 8 4
Designação
Mina Clavero - Villa Giulio Cesare
Data
31 de julho
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Jorge Recalde
Copiloto(s) vencedor(es)
Jorge del Buono
Carro(s) vencedor(es)
Audi Quattro A2
Tempo realizado
19m:26s
Média horária
68,73 kms/h
1 9 8 5
Designação
Mina Clavero
Data
2 de agosto
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Timo Salonen
Copiloto(s) vencedor(es)
Seppo Harjanne
Carro(s) vencedor(es)
Peugeot 205 Turbo 16
Tempo realizado
19m:44s
Média horária
67,68 kms/h
1 9 8 6
Designação
Mina Clavero - Villa Giulio Cesare
Data
9 de agosto
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Jorge Recalde
Copiloto(s) vencedor(es)
Jorge del Buono
Carro(s) vencedor(es)
Lancia Delta S4
Tempo realizado
18m:38s
Média horária
71,68 kms/h
1 9 8 7
Designação
Clavero – Giulio Cesare
Data
6 de agosto
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Massimo Biasion
Copiloto(s) vencedor(es)
Tiziano Siviero
Carro(s) vencedor(es)
Lancia Delta HF 4WD
Tempo realizado
19m:27s
Média horária
68,67 kms/h
1 9 8 8
Designação
Mina Clavero – Giulio Cesare
Data
4 de agosto
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Jorge Recalde
Copiloto(s) vencedor(es)
Jorge del Buono
Carro(s) vencedor(es)
Lancia Delta Integrale
Tempo realizado
19m:38s
Média horária
68,03 kms/h
1 9 8 9
Designação
Mina Clavero – Giulio Cesare
Data
3 de agosto
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Jorge Recalde
Copiloto(s) vencedor(es)
Jorge del Buono
Carro(s) vencedor(es)
Lancia Delta Integrale
Tempo realizado
19m:25s
Média horária
68,79 kms/h
1 9 9 0
Designação
Cuesta de Allende Mina Clavero -
Giulio Cesare El Cóndor
Data
26 de julho
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Massimo Biasion
Copiloto(s) vencedor(es)
Tiziano Siviero
Carro(s) vencedor(es)
Lancia Delta HF Integrale 16v
Tempo realizado
18m:34s
Média horária
71,94 kms/h
1 9 9 1
Designação
Mina Clavero
Data
25 de julho
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Didier Auriol
Copiloto(s) vencedor(es)
Bernard Occelli
Carro(s) vencedor(es)
Lancia Delta HF Integrale 16v
Tempo realizado
18m:42s
Média horária
71,42 kms/h
1 9 9 3
Designação
Mina Clavero - Villa Giulio Cesare
Data
16 de julho
Quilometragem
25,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Juha Kankkunen
Copiloto(s) vencedor(es)
Nicky Grist
Carro(s) vencedor(es)
Toyota Celica Turbo 4WD (ST185)
Tempo realizado
19m:07s
Média horária
79,28 kms/h
1 9 9 4
Designação
Giulio Cesare
Data
1 de julho
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Didier Auriol
Copiloto(s) vencedor(es)
Bernard Occelli
Carro(s) vencedor(es)
Toyota Celica Turbo 4WD (ST185)
Tempo realizado
18m:59s
Média horária
70,36 kms/h
1 9 9 6
Designação
Mina Clavero – Giulio Cesare
Data
31 de julho
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Carlos Sainz
Copiloto(s) vencedor(es)
Luis Moya
Carro(s) vencedor(es)
Ford Escort RS Cosworth
Tempo realizado
19m:04s
Média horária
70,05 kms/h
1 9 9 7
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare
Data
23 de maio
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Tommi Makinen
Copiloto(s) vencedor(es)
Seppo Harjanne
Carro(s) vencedor(es)
Mitsubishi Lancer Evo IV
Tempo realizado
19m:03s
Média horária
70,11 kms/h
1 9 9 8
Designação
La Toma - Giulio Cesare
Data
22 de maio
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Tommi Makinen
Copiloto(s) vencedor(es)
Risto Mannisenmaki
Carro(s) vencedor(es)
Mitsubishi Lancer Evo V
Tempo realizado
18m:24,3s
Média horária
72,57 kms/h
1 9 9 9
Designação
Giulio Cesare – Mina Clavero
Data
23 de maio
Quilometragem
19,23 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Tommi Makinen
Copiloto(s) vencedor(es)
Risto Mannisenmaki
Carro(s) vencedor(es)
Mitsubishi Lancer Evo VI
Tempo realizado
16m:42,3s
Média horária
69,07 kms/h
2 0 0 1
Designação
Mina Clavero
Data
6 de maio
Quilometragem
22,26 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Colin McRae
Copiloto(s) vencedor(es)
Nicky Grist
Carro(s) vencedor(es)
Ford Focus RS WRC 01
Tempo realizado
18m:06,4s
Média horária
73,76 kms/h
2 0 0 2
Designação
Giulio Cesare
Data
19 de maio
Quilometragem
22,82 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Marcus Gronholm
Copiloto(s) vencedor(es)
Timo Rautiainen
Carro(s) vencedor(es)
Peugeot 206 WRC (2001)
Tempo realizado
18m:35,0s
Média horária
73,68 kms/h
2 0 0 4
Designação
Mina Clavero  - Giulio Cesare
Data
18 de julho
Quilometragem
24,69 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Harri Rovanpera
Copiloto(s) vencedor(es)
Risto Pietilainen
Carro(s) vencedor(es)
Peugeot 307 WRC
Tempo realizado
19m:49,9s
Média horária
74,70 kms/h
2 0 0 5
Designação
Mina Clavero -  Giulio Cesare
Data
17 de julho
Quilometragem
24,45 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Toni Gardemeister
Copiloto(s) vencedor(es)
Jakke Honkanen
Carro(s) vencedor(es)
Ford Focus RS WRC 04
Tempo realizado
19m:48,4s
Média horária
74,07 kms/h
2 0 0 6
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare
Data
30 de abril
Quilometragem
20,08 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Manfred Stohl
Copiloto(s) vencedor(es)
Ilka Minor
Carro(s) vencedor(es)
Peugeot 307 WRC Evo 2
Tempo realizado
17m:03,2s
Média horária
70,65 kms/h
2 0 0 7
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘1’
Data
6 de maio
Quilometragem
23,81 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Sébastien Loeb
Copiloto(s) vencedor(es)
Daniel Elena
Carro(s) vencedor(es)
Citroen C4 WRC
Tempo realizado
18m:48,8s
Média horária
75,94 kms/h
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘2’
Data
6 de maio
Quilometragem
24,45 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Sébastien Loeb
Copiloto(s) vencedor(es)
Daniel Elena
Carro(s) vencedor(es)
Citroen C4 WRC
Tempo realizado
18m:51,2s
Média horária
77,81 kms/h
2 0 0 8
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare
Data
30 de maio
Quilometragem
24,70 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Jari-Matti Latvala
Copiloto(s) vencedor(es)
Miikka Anttila
Carro(s) vencedor(es)
Ford Focus RS WRC 07
Tempo realizado
19m:57,9s
Média horária
74,23 kms/h
2 0 0 9
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘1’
Data
25 de abril
Quilometragem
22,79 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Sébastien Loeb
Copiloto(s) vencedor(es)
Daniel Elena
Carro(s) vencedor(es)
Citroen C4 WRC
Tempo realizado
18m:18,2s
Média horária
74,71 kms/h
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘2’
Data
25 de abril
Quilometragem
22,79 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Sébastien Loeb
Copiloto(s) vencedor(es)
Daniel Elena
Carro(s) vencedor(es)
Citroen C4 WRC
Tempo realizado
18m:04,5s
Média horária
75,65 kms/h
2 0 1 1
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘1’
Data
27 de maio
Quilometragem
22,67 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Jari-Matti Latvala
Copiloto(s) vencedor(es)
Miikka Anttila
Carro(s) vencedor(es)
Ford Fiesta RS WRC
Tempo realizado
19m:42,5s
Média horária
69,02 kms/h
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘2’
Data
27 de maio
Quilometragem
22,67 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Petter Solberg
Copiloto(s) vencedor(es)
Chris Patterson
Carro(s) vencedor(es)
Citroen DS3 WRC
Tempo realizado
19m:21,7s
Média horária
70,25 kms/h
2 0 1 2
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘1’
Data
29 de abril
Quilometragem
17,41 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Petter Solberg
Copiloto(s) vencedor(es)
Chris Patterson
Carro(s) vencedor(es)
Ford Fiesta RS WRC
Tempo realizado
15m:38,1s
Média horária
66,81 kms/h
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘2’
Data
29 de abril
Quilometragem
17,41 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Petter Solberg
Copiloto(s) vencedor(es)
Chris Patterson
Carro(s) vencedor(es)
Ford Fiesta RS WRC
Tempo realizado
15m:29,3s
Média horária
67,44 kms/h
2 0 1 3
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘1’
Data
4 de maio
Quilometragem
22,64 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Jari-Matti Latvala
Copiloto(s) vencedor(es)
Miikka Anttila
Carro(s) vencedor(es)
Volkswagen Polo R WRC
Tempo realizado
18m:36,4s
Média horária
73,01 kms/h
Designação
Mina Clavero - Giulio Cesare ‘2’
Data
4 de maio
Quilometragem
22,64 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Jari-Matti Latvala
Copiloto(s) vencedor(es)
Miikka Anttila
Carro(s) vencedor(es)
Volkswagen Polo R WRC
Tempo realizado
18m:14,3s
Média horária
74,48 kms/h
2 0 1 4
Designação
Giulio Cesare – Mina Clavero ‘1’
Data
11 de maio
Quilometragem
22,07 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Mikko Hirvonen
Copiloto(s) vencedor(es)
Jarmo Lehtinen
Carro(s) vencedor(es)
Ford Fiesta RS WRC
Tempo realizado
18m:28,1s
Média horária
71,70 kms/h
Designação
Giulio Cesare – Mina Clavero ‘2’
Data
11 de maio
Quilometragem
22,07 quilómetros
Piloto(s) vencedor(es)
Mikko Hirvonen
Copiloto(s) vencedor(es)
Jarmo Lehtinen
Carro(s) vencedor(es)
Ford Fiesta RS WRC
Tempo realizado
19m:00,2s
Média horária
69,68 kms/h

<><><><><><><>   <><><><><><><>   <><><><><><><>

iii)

Mapa interativo...

Consultar AQUI.


<><><><><><><>  <><><><><><><>   <><><><><><><>

iv)

Imagens diversas...





















<><><><><><><>   <><><><><><><>   <><><><><><><>

AS FOTOS PRESENTES NESTE TRABALHO FORAM OBTIDAS EM:
- http://www.panoramio.com/photo/7469406
- http://rallyargentina.com/prueba-especial-1113-giulio-cesare-mina-clavero
- http://assets.maxrally.com/uploads/images/08_Loeb_JulioCesareT.jpg