P.E.C. Nº 397: "Os melhores do mundo" e arredores...


Alguns quadrantes gostam de enfatizar a seguinte narrativa: Portugal tem "um dos melhores campeonatos nacionais de Ralis em toda a Europa" (subentenda-se: mundo!). 

Pode até ser que sim. 

um conjunto de fatores (meteorologia favorável, classificativas de sonho, pilotos com rapidez e talento, um razoável parque de bons automóveis) que, reunidos, permitem, se bem trabalhados, confecionar uma competição para provas de estrada com caraterísticas gourmet

Temos, portanto, lendo alguma opinião publicada seguramente bem mais avalizada que nós, Zona-Espetáculo, talvez o melhor campeonato nacional de todo o velho continente

Ainda bem que sim. 

Receamos é que, depois, o diabo esteja é nos detalhes

Não vamos mais atrás. 

Vamo-nos cingir nos parágrafos seguintes à época desportiva iniciada há poucos dias em Fafe. 

Ricardo Moura é tricampeão nacional de Ralis. 

É, ousamos referir, unanimemente reconhecido como um grande talento e um dos melhores pilotos portugueses da atualidade. 

No Rali Serras de Fafe exibiu andamento superlativo que apenas um adversário (já escreveremos sobre ele) conseguiu de alguma forma contrariar. 

Não fora um braço de suspensão ceder já na reta final da prova e Moura, sempre acompanhado pelo não menos notabilíssimo navegador António Costa, teria muito provavelmente triunfado no evento nortenho. 

Conduziu de acordo com o seu estatuto e à altura dos respetivos pergaminhos, sempre muito rápido e sem erros. 

Em condições normais seria um dos principais candidatos ao título de campeão nacional em 2017. 

Escrevemosseria”, porque, pegando nas palavras do próprio, não sabe se voltará a competir no CNR (à exceção dos Açores, claro está) na presente época

Declarações proferidas no rescaldo… da primeira prova no ano

Pedro Meireles tem também inscrito no curriculum desportivo um título de campeão nacional absoluto. 

É, desde 2013, cliente regular dos pódios e da luta pelas vitórias nas provas do CNR

Tem uma determinação e autoconfiança pouco vistas nos parques de assistência das provas nacionais. 

Venceu em Fafe, não obstante um problema ao nível do tudo do intercooler que o fez perder preciosos segundos. 

Foi o único adversário, em parceria com o seu copiloto de sempre (Mário Castro, que voltou a saborear uma vitória na terra de onde é natural), a causar sérios engulhos a Moura

É, sublinhamos, o atual líder do campeonato. 

Em condições normais seria também um dos principais candidatos ao título de campeão nacional em 2017. 

Escrevemosseria”, porque, pegando nas palavras do próprio, para já não tem garantidos apoios que lhe permitam completar a temporada, não podendo confirmar, sequer, a presença na segunda prova do ano, em Castelo Branco, para procurar defender a liderança atual na classificação destinada aos pilotos. 

Declarações proferidas no rescaldo… da primeira prova do ano

Passamos agora aquela que muitos apontam, com alguma justeza, ser a divisão de honra do Campeonato Nacional de Ralis: o RC2N, ou, se quisermos, em linguagem mais percetível para os adeptos, os carros do Agrupamento de Produção

Ricardo Teodósio é dos pilotos mais populares do país, portador de uma plasticidade muito própria na condução em troço cronometrado. 

É rapidíssimo. 

Muito espetacular. 

Tem um talento inato muito grande para conduzir automóveis de competição. 

É dos poucos pilotos em Portugal capaz de levar pessoas às classificativas. 

Recusa conduzir maquinalmente, ou, se o leitor preferir, “certinho”

Consegue lançar de improviso nos locais mais improváveis de uma especial um qualquer lance algures entre a loucura e genialidade

O público em geral adora-o. 

Em Fafe, após duelo intenso com Carlos Martins (outro piloto de grande qualidade que em 2017 fez um assumido downsizing no respetivo projeto desportivo), venceu a classificação na categoria de automóveis onde atualmente está inserido. 

Lidera, por conseguinte, o campeonato RC2N

Não tem planos definidos para o resto da temporada, nem tem garantida, sequer, a comparência em Castelo Branco, para procurar defender a atual liderança na classificação destinada aos pilotos do Agrupamento de Produção.

Isto, recorde-se, no rescaldo... da primeira prova do ano!

O cenário complica-se quando, para não nos tornarmos exaustivos, um piloto como Hugo Mesquita, que deu indicadores muito interessantes em Fafe na estreia aos comandos do Skoda Fabia S2000, também é inconclusivo quanto aos seus planos para o resto da época de 2017

Mas temos, atenção, “um dos melhores campeonatos nacionais de Ralis em toda a Europa”

, é claro, o detalhe de logo após o primeiro Rali de 2017 haver muito boa gente que não tem garantida a totalidade da temporada (a tradição ainda é o que era…)

, também, o detalhe de logo após o primeiro Rali do ano haver muito boa gente que não sabe sequer se comparecerá na próxima ronda do campeonato a disputar dentro de pouco tempo em Castelo Branco. 

, nova minudência, o detalhe de logo após o primeiro Rali do ano os líderes das duas principais divisões do CNR poderem não estar em condições de defender na etapa seguinte da competição a primazia pontual que agora detém

, ainda, o detalhe de logo após o primeiro Rali do ano haver fundados receios que no campeonato nacional fique a competir, pelo menos em regime de tempo inteiro, um único piloto aureolado com o estatuto de campeão nacional absoluto

O que vale é termos “um dos melhores campeonatos nacionais de Ralis em toda a Europa”, prosa cómoda e por norma alimentada por quem se mostra invariavelmente pouco atreito a refletir sobre os problemas de fundo da modalidade em Portugal. 

Injetando doses de realismo na análise e sem incorrer em manias das grandezas, no nosso país há um CNR com diversos motivos de interesse e com um potencial de crescimento considerável. 

Como referimos acima, existem por cá condimentos como uma meteorologia favorável, classificativas de sonho, pilotos com rapidez e talento e um razoável parque de bons automóveis. 

Para o salto rumo a um patamar superior faltará apenas um ingrediente indispensável: os decisores certos


=====     =====     =====     =====     =====     =====




AS FOTOS PRESENTES NESTE TRABALHO FORAM OBTIDAS EM:
- https://skoda-ms.s3.amazonaws.com/2017/02/2017-rali-serras-de-fafe-19-meireles.jpg
- https://www.ewrc-results.com/image.php?id=339773

Comentários